• Graduação em Engenharia Civil

    • Duração
      5 anos (10 semestre)
    • Turno
       
    • Grau
      Bacharelado
  •  MATRIZ CURRICULAR

Sobre o Curso

A profissão de Engenheiro Civil é regulamentada no Brasil. Para exercê-la, é obrigatório ter um diploma superior em curso reconhecido pelo MEC e ser registrado no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

É uma profissão muito requisitada no mercado de trabalho, pois há um crescimento exponencial na cidade, basta verificar o quanto a mesma cresce ao seu redor, com residências, comércios, estradas, etc.

O profissional em Engenharia Civil é capaz de projetar, gerenciar e executar obras e construções. Além disso, ele atua na análise de insolação, no melhor aproveitamento da ventilação local e na definição do melhor tipo de solo para as construções.

Além de atuar no desenvolvimento de projetos estuturais e na criação de edificações, o profissional de Engenharia Civil pode trabalhar em outros setores como, por exemplo, o de inspeção, fiscalização, perícia, saneamento e transporte.
 

Estude na UNICATÓLICA com 50% de desconto na sua matrícula.

 
VESTIBULAR 2019.2 - INSCRIÇÕES ABERTAS - CLIQUE AQUI


 


Mercado de Trabalho

O mercado de trabalho para um engenheiro civil é bastante amplo. Isto porque este profissional é capaz de atuar em diferentes setores, como por exemplo:

- Construção Civil e Urbana
- Rodovias e Transportes
- Saneamento
- Estruturas e Fundações
- Solo e Geotecnia
- Barragens
- Consultoria

O engenheiro civil encontra oportunidades de emprego em empresas privadas e órgãos públicos. Pode ainda atuar como autônomo, montar seu próprio negócio ou seguir a carreira acadêmica e ministrar aula para cursos técnicos e faculdades.


Desafios do profissional

Acompanhar as tendências do setor e estar atento às novas tecnologias voltadas à construção civil.


Diferenciais do curso

• Matriz curricular com boa formação acadêmica e co-relacionada com o mercado de trabalho;
• Ciclo de Palestras com temas relevantes da profissão;
• Projeto Pedagógico de ponta;
• Visitas técnicas;
• Maioria dos professores Mestres e Doutores em regime de tempo integral e parcial.


Bolsas e Financiamento

A UNICATÓLICA conta com o FIES – Financiamento ao Estudante do Ensino Superior, PROUNI – Programa Universidade para Todos e Bolsas Sociais. O estudante poderá financiar seu curso em até 100%, sem fiador, já a partir do primeiro semestre.


Como ingressar na Unicatólica

O interessado poderá ingressar na UNICATÓLICA através das seguintes seleções:

Vestibular Tradicional: ocorre semestralmente. A prova é elaborada com questões das disciplinas do Ensino Médio e uma redação.

Vestibular Simplificado: ocorre semestralmente. Neste, o candidato poderá utilizar os resultados do ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio. Ao escolher essa opção, o candidato não necessitará realizar as provas objetivas e de redação.

Transferidos e Graduados: os estudantes que desejam ingressarem na UNICATÓLICA por meio dessa modalidade devem ficar atentos, pois a Secretaria Acadêmica receberá as solicitações duas vezes ao ano. As datas são estabelecidas no calendário acadêmico anual disponibilizado no site da instituição.


Diferenciais da Unicatólica

• Único Centro Universitário Católico do Estado do Ceará.
• Professores qualificados com mais de 70% de mestres e doutores;
• Biblioteca climatizada com sala de multimídia;
• Laboratórios especializados em informática, saúde e engenharia;
• 2 auditórios;
• Lanchonetes e ambientes de convivência;
• Complexo esportivo com academia, piscina semiolímpica e ginásio poliesportivo;
• Capela e Pastoral Universitária;
• Salas de aula climatizadas e com kit multimídia;
• Estacionamento para carros e motos;
• WiFi no Campus.

O curso de Engenharia Civil da UNICATÓLICA - Centro Universitário Católica de Quixadá, recebe alunos do Sertão Central Cearense e de diversos municípios, tais como: Acopiara, Aracoiaba, Aratuba, Banabuiú, Baturité, Boa Viagem, Canindé, Capistrano, Choró, Crateús, Deputado Irapuan Pinheiro, Fortaleza, Ibaretama, Ibicuitinga, Icó, Iguatu, Independência, Itapiúna, Itatira, Jaguaretama, Jaguaribara, Limoeiro do Norte, Madalena, Milhã, Mombaça, Morada Nova, Ocara, Parambu, Pedra Branca, Piquet Carneiro, Quixadá, Quixeramobim, Russas, São Benedito, Senador Pompeu, Solonópole, Tabuleiro do Norte, Tauá, dentre outros.