• Blog da UniCatólica

UniCatólica recebe crianças da Associação de Práticas Esportivas do Campo Novo para aula prática do curso de Educação Física
Saúde e Bem-Estar

UniCatólica recebe crianças da Associação de Práticas Esportivas do Campo Novo para aula prática do curso de Educação Física

Poucos lugares conseguem agrupar tantas potencialidades que favorecem a prática esportiva como o município de Quixadá. Crianças, jovens e adultos tentam, desde cedo, enveredar por caminhos virtuosos através da prática esportiva. Quixadá e tantas outras cidades do Sertão Central cearense são celeiros de astros que encantam o mundo e lotam estádios, quadras, pistas e tantos outros equipamentos de promoção ao esporte, saúde e lazer.

Tão abrangente quanto as possibilidades para a prática esportiva no município, é a Associação de Práticas Esportivas do Campo Novo (APECN), fundada há mais de 15 anos, em um dos bairros mais conhecidos e habitados de Quixadá. Por meio dessa associação, cerca de 60 crianças, além de jovens e adultos, conseguem garantir o direito social ao esporte e ao lazer, através da prática do voleibol.

Por meio do Projeto Vôlei Nota 10, as crianças cadastradas têm a oportunidade de desenvolverem suas habilidades esportivas em uma organização do terceiro setor (organizações não-governamentais, comumente conhecidas como ONGs/Associações, que atuam com trabalho voluntário, responsabilidade social e desenvolvimento sustentável). Através dos recursos da Lei de Incentivo ao Esporte do Ceará, com o patrocínio da Companhia Energética do Ceará (Enel) e o apoio da Federação Cearense de Voleibol, a APECN leva esperança para todo seu público.

Com o intuito de aproximar e entrelaçar o conhecimento adquirido em sala de aula e as práticas e experiências esportivas, foi que o Prof. Marcelo Barros, docente da disciplina de Metodologia Teórica e Prática do Voleibol, recebeu, no Ginásio Poliesportivo da UniCatólica, o Presidente da APECN, Amilton Sousa, a Vice-presidente, Virgínia Barbosa e as crianças assistidas na ONG, para que houvesse uma troca de experiência entre os alunos da disciplina, lotada no 3° semestre do curso de Educação Física. O encontro se deu para que os alunos pudessem vivenciar a atuação do profissional de educação física no terceiro setor, atuando em projetos sociais.

Em um clima descontraído, o Prof. Marcelo Barros, ressaltou a importância da vivência “A aula prática foi uma oportunidade para que os alunos pudessem conhecer ainda mais o que o esporte tem a oferecer como ferramenta de transformação social e como os eles (alunos) podem atuar na área. ”

Por: Neuton Júnior

Deixe seu comentário