• Blog UniCatólica

Produção Científica na UniCatólica
Pesquisa e Iniciação Científica

Produção Científica na UniCatólica

A pesquisa é o desenvolvimento da curiosidade e do conhecimento com propósitos definidos. (Wigton Gerald)

O objetivo fundamental do ato de pesquisar é a possibilidade de descobrir respostas para problemas que afetam a sociedade. Nesse sentido pesquisar tem por objetivo “querer saber”, “desejar conhecer o funcionamento das coisas” para, a partir desse conhecimento, desenvolver soluções que melhorem a qualidade de vida e o meio ambiente.

A iniciação científica pode ser considerada uma atividade de fundamental importância para a formação dos discentes, pois proporciona ao aluno de graduação a chance de ter o primeiro contato com a prática da pesquisa e observar a aplicação dos conceitos ensinados em sala de aula. Tudo é claro orientado por docentes/pesquisadores qualificados e experientes, os discentes podem aprender técnicas e métodos de pesquisa, e assim desenvolverem seu senso crítico.

A UniCatólica vem, ano após ano, criando possibilidades e apoiando o desenvolvimento da pesquisa no Sertão Central por meio de programas que oportunizam aos docentes e discentes se aprofundar em questões que se relacionam, diretamente, com a realidade do interior do Sertão Central, mas também com a realidade do nosso país como um todo.

No ano de 2020, mesmo com todas as dificuldades e limitações impostas pela pandemia, através dos Grupos de Pesquisa e do Programa de Iniciação Científica, os docentes e discentes da UniCatólica conseguiram publicar: 35 (trinta e cinco) artigos científicos em periódicos nacionais e internacionais; 25 (vinte e cinco) capítulos de livros; e 211 (duzentos e onze) resumos e/ou trabalhos científicos publicados em Anais de eventos nacionais e internacionais, além de um grande número de participação em eventos científicos nacionais e internacionais.

Fica então evidente que a pesquisa é uma das mais ricas experiências que aluno de graduação pode vivenciar, pois ajuda a complementar sua formação acadêmica e aprimorar seus conhecimentos, preparando-o melhor para a vida profissional. “Se estamos hoje em uma sociedade tecnológica, isso se deve aos pesquisadores que criam modelos de pesquisa, validam dados e os publicam. Essa sistematização é fundamental para alimentar a produção de conhecimento” (BENITE, 2119).

Por: Eduardo Sousa

Deixe seu comentário