• Blog UniCatólica

Semana Santa: Paixão, Morte e Ressurreição De Jesus
Pastoral Universitária

Semana Santa: Paixão, Morte e Ressurreição De Jesus

A Semana Santa é uma tradição religiosa do Cristianismo que celebra a Paixão, a Morte e a Ressurreição de Jesus Cristo. Durante a Quaresma, tivemos uma preparação através do jejum, oração e práticas de caridade. Vale lembrar que não precisamos esperar a quaresma chegar para realizar obras de caridade, praticar o jejum e rezar mais. Podemos praticar tudo isso durante nossa vida.

O Domingo de Ramos, 09 de abril, abriu solenemente a Semana Santa, com a entrada de Jesus em Jerusalém. Jesus é recebido em Jerusalém como um rei, mas os mesmos que o receberam com festa o condenaram à morte. Jesus é recebido com ramos de palmeiras. O Domingo de Ramos é a festa litúrgica que celebra a entrada de Jesus Cristo na cidade de Jerusalém.

Na quinta-feira, 13 de abril, é relembrada, especialmente, a última ceia e, também, é celebrada a Santa Missa do “lava pés”, onde se relembra o gesto de humildade que Jesus realizou, lavando os pés dos seus discípulos e comendo com eles. É neste dia em que Judas Iscariotis entregou Jesus por 30 moedas e Jesus foi preso. A igreja fica em vigília ao Santíssimo, relembrando os sofrimentos começados por Jesus naquela noite.

Na sexta-feira, conhecida como sexta da paixão, a Igreja recorda a morte do Salvador. É o dia em que adoramos o Cristo Crucificado. É o dia em que Jesus morreu na cruz por amor a nós, é o dia em que Cristo nos ensinou a maior prova de amor. No sábado santo, se honra a sepultura de Jesus Cristo e sua descida à mansão dos mortos; depois do sinal do Glória, se começa a honrar sua gloriosa Ressurreição. Por fim, o dia da Ressurreição de Cristo, o dia em que Cristo venceu a morte. A fé na ressurreição de Jesus Cristo é o fundamento da mensagem cristã. A fé cristã estaria morta se lhe fosse retirada a verdade da ressurreição de Cristo.

A ressurreição de Jesus são as primícias de um mundo novo, de uma nova situação do homem. Ela cria para os homens uma nova dimensão de ser, um novo âmbito da vida: o estar com Deus. Também, significa que Deus se manifestou verdadeiramente e que Cristo é o critério no qual o homem pode confiar. A fé na ressurreição de Jesus é algo tão essencial para o cristão que São Paulo chegou a escrever: “Se Cristo não ressuscitou, a nossa pregação é vazia, e vazia também a vossa fé” (1Cor 15, 14). Ser Cristão não é fácil, mas Deus nos dá a força, através de sua palavra e da Eucaristia.

Por: Eliane Rodrigues

Deixe seu comentário