• Blog UniCatólica

Construindo uma Rede Católica na Diocese de Quixadá
Institucional

Construindo uma Rede Católica na Diocese de Quixadá

Instituições Coirmãs – (UNICATÓLICA, CVA, HMJMJ, Rádio Cultura FM)

Novos desafios têm sido lançados às Equipes de Trabalho das Instituições Coirmãs da Diocese de Quixadá e novas perspectivas estão se abrindo, à medida que os Gestores avançam nas reflexões e nos processos de tomada de decisão. Como fruto dessa trajetória de crescimento, serviço e dedicação, estamos construindo o nosso Planejamento Estratégico Institucional 2020-2025. A equipe tem reafirmado continuamente a esperança de que, a partir desse trabalho, muitas sementes foram e serão lançados, muitos frutos serão colhidos. E que venha um futuro mais integrado, mais sustentável e mais irmão.

As Instituições coirmãs da Diocese de Quixadá (UNICATÓLICA, CVA, HMJMJ, Rádio Cultura FM), cada qual com seu histórico, finalidades e desafios estão se reinventando, tendo em vista as realidades socioeconômicas, culturais e políticas à que estão sujeitas nesse cenário brasileiro de tantas incertezas, contradições e dualidades. É preciso cuidar com zelo das nossas Instituições que devem ser consideradas graça de Deus para esse Sertão Central, tão sedento de serviços educacionais de qualidade, assistência e promoção à saúde e de uma comunicação para a vida e para o amor.

Estamos consolidando um novo modelo de gestão, baseado na missão profícua de desenvolver educação, saúde e comunicação à luz dos valores cristãos, éticos e humanos de forma inovadora e sustentável. A visão de futuro que estamos edificando consubstancia a aspiração dos Dirigentes da Unicatólica, CVA, HMJM e Rádio Cultura  ao projetarem as possibilidades futuras, gerando reconhecimento e sentido de realização. Almejamos nos consolidar como uma Rede Católica, mediante educação básica e superior humanista, prestação de serviços diferenciados na saúde e comunicação para a vida, contribuindo para a transformação social da região e todo o Estado do Ceará.

A nossa visão de futuro traduz o desejo e a expectativa de sermos reconhecidos como uma Rede Católica da Diocese de Quixadá, por meio da formação humana e cristã e prestação de serviços relevantes para o desenvolvimento e transformação social, visando a sustentabilidade e perenidade dos nossos projetos de evangelização e sociais. O cenário futuro e nosso posicionamento serão traduzidos pelas respostas proativas em relação ao processo de mudança, visto que as nossas Instituições Coirmãs devem continuamente buscar agilidade e flexibilidade, detendo capacidade para transformar-se e desenvolver um processo educacional de excelência, prestação de serviços de saúde de qualidade, integrando soluções diferenciadas para o nosso povo e nossas organizações.

A construção desse futuro empreende, no hoje, o estudo e o aprofundamento da melhor utilização dos nossos recursos, com uma gestão mais estratégica e integrada, com inteligência cooperativa, provocando a aprendizagem organizacional  e contínua prospecção de novos cenários e possibilidades. Temos como foco manter e aprimorar nossas instituições coirmãs entre as melhores organizações do Estado do Ceará, constituindo-se como agentes indutoras do desenvolvimento regional (Sertão Central) e Local (Quixadá).

A postura ética, sob a inspiração humana e cristã, a atuação comprometida com a transformação social e com o desenvolvimento sustentável, está integrada à qualidade do ensino (Unicatólica e CVA), da promoção e assistência à saúde e da comunicação, unindo-nos à uma organização sistêmica na oferta de cursos, programas, projetos e serviços adequados aos segmentos-alvo e ao contexto socioeconômico e político atual.

Os nossos princípios institucionais configuram-se como verdades fundamentais balizando o processo de tomada de decisão, o relacionamento e o direcionamento estratégico, sendo traduzidos em: Fidelidade à doutrina cristã e às diretrizes da Igreja Católica; Promoção da dignidade humana, do bem comum e compromisso com a inclusão social e Formação solidária, interdisciplinar e humanística, orientada por uma perspectiva ética, cristã e católica, respeitada a liberdade de crença. Nossos princípios institucionais abrangem ainda a atenção ao pluralismo, a integração, a construção do conhecimento a serviço do homem e no compromisso com a responsabilidade social e ambiental.

Da mesma forma os valores institucionais estão incorporados no desenvolvimento das atividades acadêmicas, administrativas, pedagógicas, de atenção á saúde norteando a comunicação, os comportamentos, atitudes e o relacionamento entre Mantenedoras, Dirigentes, Gestores, Colaboradores, Fornecedores e os Segmentos-alvo. Estão alicerçados no Respeito, na Liberdade, na Democracia, na Cordialidade e na Sustentabilidade institucional, visto que continuamente todos os colaboradores estarão engajados no alcance de resultados satisfatórios nas diversas instâncias institucionais.

Neste contexto destacamos que a análise ambiental que está sendo realizada, com base nos conceitos de forças e fraquezas (internas) e oportunidades e ameaças (externas), indicam realidades fundamentais para o processo de decisão. Da correlação entre o ambiente interno e externo constatam-se atualmente como vantagens competitivas das Instituições coirmãs: a credibilidade da marca Católica; a imagem, a trajetória e a reputação institucional; o nosso posicionamento diferenciado frente aos concorrentes; o nosso portfolio e a nossa capacidade instalada. Como desvantagens competitivas evidencia-se o mercado restrito; aspectos financeiros desafiadores e o processo de comunicação. Precisamos desenvolver a integração com o entorno, a gestão para resultados, a nossa catolicidade, nosso senso de pertença e o empreendedorismo.

Ressaltamos que todas as ações empreendidas durante o ano de 2019, sobretudo as alterações no quadro de gestores das nossas Instituições coirmãs têm o intuito de promover uma gestão mais eficiente e profissionalizada, mais enxuta, pautada na ética, na competência técnica, na integração e no trabalho em equipe. Viver o processo de mudança significa tomar decisões que apoiem as mudanças necessárias para mais efetividade em 2020 e nos anos subsequentes.

Que Deus e Nossa Senhora Rainha do Sertão possam continuar nos orientando nesse trabalho de elevar às nossas Instituições Coirmãs à uma configuração em Rede e que o espírito de união, de equipe e de comprometimento seja o cerne de nossas ações, comportamentos e atitudes.

Cícero Félix da Silva
Superintendente Executivo
Unicatólica

Por: Eliane Rodrigues

Deixe seu comentário