• Blog UniCatólica

Staniando… Ser Vela
STANIANDO

Staniando… Ser Vela

Por Prof.ª Dra. Stânia Nágila Vasconcelos Carneiro

Certa noite faltou energia e tive medo de sair do quarto, em busca de uma vela na cozinha. Esperei que a energia voltasse, como não voltou, sai tateando, com medo de tropeçar e cair. Encontrei a vela, acendi para ter um pouco de luz. Percebi ali como é ruim “ficar no escuro” e pensei: infelizmente, muitos vivem na escuridão e não percebem, andam pela vida tateando, tropeçando, não sabem para aonde vão nem aonde suas escolhas os levarão. Estão no escuro.

Algumas pessoas, segundo o teólogo Leon Morris, vivem como se estivessem vivendo em uma sala escura, mas com a porta destrancada. Por que não agir? Por que não se arrepender, ou pedir perdão, ou perdoar-se? Por que não repensar (ou repensar-se?)? Por que não “abrir a porta” e seguir adiante? Por que não mudar? Por que não sair da tal sala? E aí pensei: precisei de uma vela para iluminar minha cozinha. Muitas vezes, a sua ou a minha tarefa seja, apenas e, então, “ser vela” para “brilhar na escuridão” a fim de que estas ou outras pessoas vejam “a porta” e como é a vida fora da “sala escura”.

Pensemos nisso!

Por: Eliane Rodrigues

Deixe seu comentário