• Blog UniCatólica

Saúde Mental: Falar hoje, cuidar sempre é tema na VIII Jornada de Psicologia da UNICATÓLICA
Saúde e Bem-Estar

Saúde Mental: Falar hoje, cuidar sempre é tema na VIII Jornada de Psicologia da UNICATÓLICA

O curso de Psicologia realizou entre os dias 21 e 24 de setembro, no formato remoto (via Google Meet), a VIII Jornada de Psicologia – Saúde Mental: falar hoje, cuidar sempre. Na ocasião, ocorreram palestras e lançamento de livros, cujas temáticas contemplavam as múltiplas formas da Psicologia cuidar da saúde mental dos indivíduos no cenário atual, em suas perspectivas individuais e grupais. 

A abertura do evento foi marcada por dois eventos: a palestra sobre Perdas no Isolamento, com a psicóloga Priscila Costa Ramos (CRP 11/07607) e, em seguida, a Mesa-Redonda sobre Suicídio no município de Quixadá: dados epidemiológicos, com a psicóloga Bruna Stênia Queiroz (CRP 11/11041) e o psiquiatra do CAPS Geral de Quixadá, Dr. Bruno Eduardo Alencar.

No segundo dia, ocorreu o lançamento do livro Saúde Mental: Saberes e Fazeres Plurais, cujas organizadoras foram as professoras Ma. Milena Bezerra e Dra. Stânia Vasconcelos e, os psicólogos egressos do curso, Andreza Mônica Silva e Thiago Costa Alves.

A psicóloga Prof.ª Dra. Taís Bleicher (CRP 06/149771), da Universidade Federal de São Carlos, autora de um dos capítulos, fez a apresentação do livro e uma breve explanação sobre o movimento da saúde mental no Ceará, destacando nesta História, o município de Quixadá com o CAPS enquanto setor pioneiro e, atualmente o Serviço de Psicologia Aplicada (SPA) da UNICATÓLICA, como referências nos cuidados psicossociais da população do Sertão Central.

No terceiro dia do evento, houve o lançamento do livro Psicologia e educação: Nas entrelinhas de um encontro, organizado pelas professoras Ma. Cândida Câmara, Ma. Milena Bezerra e Dra. Stânia Vasconcelos e, a psicóloga egressa Hávila Raquel Brito (CRP 11/15063). A Prof.ª Cândida Câmara, juntamente com autores e autoras de alguns capítulos do livro, contaram as suas experiências em torno das pesquisas realizadas na área da Psicologia Escolar e Educacional, que culminaram nos capítulos. Em seguida, aconteceu a palestra sobre Abordagem da Morte e do Luto nas Escolas, ministrada pela psicóloga Hávila Raquel Brito.

No último dia da Jornada, ocorreu a palestra de encerramento A Experiência da construção de uma Lei Municipal de Prevenção ao Suicídio em Crateús/CE, ministrada pelo Psicólogo Tobias Jr. Do Bonfim Ferreira (CRP 11/8965), autor da referida Lei.

Durante todos os dias do evento, a participação dos alunos do curso de Psicologia, interagindo com perguntas e comentários em todas as ocasiões foi destacada, além da presença do corpo docente e dos demais convidados, mantendo as salas remotas sempre cheias e animadas.

A troca de conhecimentos sobre falar e, principalmente, sobre cuidar da saúde mental, foi amplamente divulgada e incentivada, através dos exemplos práticos contidos nas falas de todos os participantes da Jornada, que assim alcançou também o compromisso de responsabilidade social que a UNICATÓLICA mantém em sua missão.

Saúde Mental: Saberes e fazeres plurais

O livro Saúde mental: saberes e fazeres plurais, que foi organizado pelas docentes do curso de Psicologia da UNICATÓLICA, Milena Bezerra e Stânia Vasconcelos, e os psicólogos e egressos da mesma IES Thiago Alves e Andrezza Mônica Silva.

Para proferir a palestra de lançamento, foi convidada a psicóloga Tais Bleicher, que prefaciou o livro e é autora de um dos capítulos. Como militante das políticas de saúde mental, Tais apresentou sua incursão nas Políticas de Saúde Mental de Quixadá a partir das referências da reforma psiquiátrica no Brasil e no mundo. Desta forma, apresenta Quixadá como referência numa construção própria do que seria a Saúde Mental no município e na região do Sertão Central cearense.

O tema da Saúde Mental vem, cada vez mais, ganhando destaque nas discussões a respeito do que rege ética e politicamente a vida do sujeito. É sob esta perspectiva que os capítulos foram organizados como textos críticos e problematizadores, apresentando a construção de saberes e fazeres em saúde mental. Os textos são envolvidos em poemas escritos por profissionais e ilustrados com mandalas feitas pelos usuários da RAPS.

O livro é resultado de uma coletânea de pesquisas conduzidas por estudantes, professores e profissionais da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) de Quixadá, estes fazem parte do livro como autores e como profissionais dos serviços de saúde que acolheram os pesquisadores e, por isso, foram fundamentais para a realização das pesquisas e, consequentemente, para a construção do presente livro. A estes direcionamos nosso agradecimento em especial.

Psicologia e Educação: nas entrelinhas de um encontro

O livro “Psicologia e Educação: nas entrelinhas de um encontro” se propõe a trazer um conjunto de 19 artigos produzido por 46 autores que promovem um rico debate acerca de diferentes problemáticas na área educacional, enfocando os sujeitos que cotidianamente a fazem.

O momento de seu lançamento foi marcado pela presença das organizadoras: Prof.ª Cândida Câmara, Prof.ª Milena de Holanda, Prof.ª Stânia Nágila e a Psicologia Hávila Raquel. E seguiu com as falas de alguns autores de artigos que compõem o livro: Darliane Barreto de Lima, Ana Beatriz Almeida Sampaio, Evna de Oliveira Neres, Iara Fernandes Teixeira e Carolina Moreno. Assim, o debate girou em torno da produção e importância da pesquisa acadêmica em torno de diversas questões, como: adaptação escolar, inclusão, competências socioemocionais, justiça restaurativas, círculos de construção de paz, assistência estudantil, orientação profissional, saúde mental docente, dentre outros.

Por: Eliane Rodrigues

Deixe seu comentário