• Blog UniCatólica

Adolfo Lima, aluno do curso de Teologia, deixa sua mensagem no mês da Bíblia
PASTORAL UNIVERSITÁRIA

Adolfo Lima, aluno do curso de Teologia, deixa sua mensagem no mês da Bíblia

“[…] A vida manifestou-se: nós a vimos e dela vos damos testemunho e vos anunciamos esta vida eterna” (1jo 1, 2)

Por Adolfo Lima – Acadêmico do curso de Teologia.

Estamos em setembro e, no Brasil, já é uma tradição que este mês seja lembrado como o “Mês da Bíblia”. O mês de setembro se tornou referência para o estudo e a contemplação da Palavra de Deus, principalmente pela grande contribuição de São Jerônimo, que viveu entre 340 e 420. A pedido do Papa Dâmaso, tornou-se o responsável pela revisão da tradução latina da Sagrada Escritura, versão que ficou conhecida com o nome de Vulgata, que, em latim, significa “popular”. Foi um trabalho feito com grande esmero e tamanha dedicação que é referência nas traduções da Bíblia até os dias atuais.

Desde o Concílio Vaticano II, convocado em dezembro de 1961 pelo papa João XXIII, a Bíblia ocupou espaço privilegiado na família, nos círculos bíblicos, na catequese, nos grupos de reflexão e nas comunidades eclesiais. Ao celebrar o Mês da Bíblia, a Igreja nos convida a conhecer mais a fundo a Palavra de Deus, a amá-la, cada vez mais, de forma intensa a fazer, a cada dia, uma leitura meditada que nos una ao amor de Deus. É essencial, ao discípulo missionário, o contato com a Palavra de Deus para ficar solidamente firmado em Cristo e poder testemunhá-Lo no mundo presente, tão necessitado de Sua presença. O Salmo 62 assim o diz: “Minha alma está sedenta de vós e minha carne por vós anseia como terra árida e sequiosa, sem água” (Sl 62, 2). Isto significa que a alma, por sua natureza, tem sede de Deus. Uma alma sedenta nunca será saciada com coisas passageiras e tão insólitas, nunca encontrará sua felicidade resumida neste mundo. Aristóteles, tratando acerca da organização do conhecimento humano, dizia que o homem por natureza deseja conhecer. Assim, a alma por sua natureza deseja conhecer a Deus, sua sede só será saciada quando conformar sua vontade e sua inteligência Àquele que a criou por amor.

São Jerônimo dizia que “desconhecer a Escritura é desconhecer Jesus Cristo”. A Bíblia é o livro da Revelação de Deus, que culmina na pessoa de Jesus Cristo, uma redação por escrito da Boa notícia da salvação dirigida aos homens na história e através da história. A Bíblia contém tudo aquilo que Deus quis nos comunicar em relação à nossa salvação, e Jesus é o centro e o coração da Sagrada Escritura. Em Jesus se cumprem todas as promessas feitas no Antigo Testamento para o povo de Deus, pois n’Ele está a nossa salvação. Deixemo-nos seduzir pela Palavra que jorra vida eterna.

Por: Eliane Rodrigues

Deixe seu comentário