• Blog UniCatólica

UNICATÓLICA e a formação sacerdotal
NOTA

UNICATÓLICA e a formação sacerdotal

A formação intelectual dos futuros sacerdotes da Igreja Católica é missão originária e primordial do Centro Universitário Católica de Quixadá, que nasceu sob a denominação de Instituto Filosófico-Teológico Nossa Senhora Imaculada Rainha do Sertão (1999) e, posteriormente, passou a ser chamado Faculdade Católica Rainha do Sertão (2002).

Não obstante suas limitações, a UNICATÓLICA alegra-se de constatar que, pelos bancos dos seus cursos de Filosofia e de Teologia, já passaram não poucos estudantes que, hoje, como padres, religiosos ou leigos engajados, estão anunciando o Evangelho de Cristo, que é vida plena para o homem.

Atualmente, dos 40 clérigos incardinados (padres e diáconos) na diocese de Quixadá, 22 padres e 01 diácono fizeram o curso de Filosofia e/ou Teologia na UNICATÓLICA, além de 03 estagiários da diocese (que estão se preparando para a ordenação diaconal) e de 04 clérigos do Instituto Jesus Missionário dos Pobres, que também prestam serviço na diocese de Quixadá.

Vale dizer, 30 de 40, 75% (setenta e cinco por cento) dos clérigos que atuam hoje na diocese de Quixadá receberam sua formação na IES, o que a deixa imensamente satisfeita e sadiamente orgulhosa.

É com muito esmero e senso de responsabilidade que a UNICATÓLICA dedica-se à formação sacerdotal, em plena sintonia com as diretrizes da Igreja, em âmbito universal e nacional, possibilitando a capacitação espiritual, intelectual e humana de quantos desejam trilhar o caminha da filosofia e teologia perene, especificamente dos seminaristas das dioceses de Quixadá, Cajazeiras e Crato.

São ex-alunos da UNICATÓLICA que hoje trabalham pastoralmente na diocese de Quixadá: Antônio Firmino Araújo Bezerra (padre); Breno Oliveira Rabelo (estagiário); Bruno Oliveira Rabelo (estagiário); Carlos Alberto Bezerra Lopes Filho (diácono); Carlos Antônio de Sousa Coutinho (padre); Dalci de Aquino Nunes (padre); David Peter, CMOP (padre); Felipe Costa Silva (padre); Francisco Cleides de Oliveira, MP (padre); Francisco Clodoaldo Leitão de Freitas (padre); Francisco Jean Batista do Nascimento (padre); Francisco Lucas Brito Silva (padre); Francisco Márcio de Souza, MP (diácono); Francisco Moreira Otaviano (padre); Francisco Nilson Lima (padre); Francisco Tiago Facundo Santiago (padre); Guilherme Afonso de A. P. de Assis (padre); João Andrade Marques (padre); João Paulo Barbosa Manso (estagiário); Jocélio Alves da Silva (padre); José Adriano Silva do Nascimento (padre); José Ribamar Pinho Filho (padre); Juciê Braga Avelino, MP (padre); Marcelo Reis de Almeida (padre); Natal Nunes Carvalho (padre); Pablo Nogueira Anselmo (padre); Paulo César de Lima Andrelino (padre); Rafael Maria de São José, CMOP; Sérgio Tomaz Moreira da Silva (padre) e Severino Pereira Neto, MP (diácono).

Por Renato Moreira de Abrantes
Vice-Reitor da UNICATÓLICA

Por: Eliane Rodrigues

Deixe seu comentário