• Blog UniCatólica

COMO EVITAR A ANSIEDADE CAUSADA PELO ISOLAMENTO SOCIAL?
FIQUE LIGADO

COMO EVITAR A ANSIEDADE CAUSADA PELO ISOLAMENTO SOCIAL?

O isolamento social e a disseminação do coronavírus (COVID-19) têm trazido incerteza, medos e inseguranças. É importante gerenciar as emoções para aumentar a imunidade e controlar ansiedade nesse período. Para ajudar nisso a Professora e Psicóloga Milena Holanda – CRP 11/04542 – dá algumas dicas:

  1. Evite pensar e falar constantemente sobre a doença. É necessário ocupar a mente com outras coisas e não passar o dia vendo notícias ou falando sobre coronavírus. Isso pode gerar uma ansiedade ainda maior.
  1. Filtre as informações recebidas, buscando-as apenas em fontes confiáveis. Evite assistir noticiários e ver sites de notícias durante o dia todo. Isso pode gerar angustia e aumentar a ansiedade. Escolha um momento do dia para se atualizar e busque sempre fontes confiáveis.
  1. Use as redes sociais de forma consciente. É importante se manter informado, mas checar as redes sociais a cada cinco minutos pode sobrecarregar e aumentar ainda mais a ansiedade. Inclua na sua rotina horários durante o dia para usar as redes. 
  1. Conecte-se com a família e com os amigos. A interação social ajuda a reduzir o estresse e aumentar a felicidade. Podemos estar fisicamente distantes, mas é hora de usar todo o poder das redes sociais.
  1. Interaja com a família. Na nossa rotina normal, reclamamos porque nunca temos tempo suficiente para ficar com a nossa família. Aproveite agora esse tempo: converse, ria, vejam fotos antigas, cozinhem juntos, chore se tiver vontade, desabafe e diga como você se sente. Respeite o tempo de cada um sozinho e aproveite para criar ou reativar rituais familiares, 
  1. Crie uma rotina, mesmo estando em casa. É importante criar horários de trabalho, descanso, atividades físicas, refeições e lazer, mesmo estando em casa e tendo todo tempo disponível. A rotina é importante porque organiza nossa mente ao longo desse período de isolamento.
  1. Leia livros e assista filmes. Os livros têm o poder de nos transportar para outras realidades, nos desconectando um pouco da nossa, e acalmando nossa mente.
  1. Faça alguma atividade física. É uma ótima maneira de combater o estresse, a ansiedade e a depressão, além de contribuir na qualidade do sono. Muitos treinos e aulas online estão sendo compartilhadas durante esse período de isolamento.
  1. Durma bem. O sono, como muita gente já sabe, é importante para manter nosso corpo saudável e combater doenças, principalmente as virais oportunistas, além de ser um importante aliado no controle da ansiedade. Procure manter uma rotina durante esse isolamento social, acordando e dormindo mais ou menos no mesmo horário. A recomendação é que se faça entre 7 e 8 horas de sono por noite.
  1. Respire fundo.

Existem muitas pesquisas que apontam diferentes técnicas e seus benefícios para quem é ansioso. Uma delas indica puxar o ar pelo nariz por 10 segundos, e depois soltar pela boca por mais 10 segundos. Se achar necessário, repita o processo por mais uma ou duas vezes. O resultado é imediato.

Lembre-se que a ansiedade é algo que faz parte do dia a dia do ser humano e é essencial para a sua sobrevivência. O problema é quando ela começa a interferir negativamente em sua vida e impacta a sua saúde.

Como saber estou sofrendo de ansiedade?

  • Você vê perigo em tudo?
  • Tem medo de morrer e pensa nisso o tempo todo?
  • Sente que seu sono sofreu alterações?
  • Tem sofrido com tensões musculares?
  • Tem preocupações excessivas com o futuro?
  • Sente dificuldade para se concentrar?
  • Tem sofrido com problemas gastrointestinais?
  • Sente falta de ar, coração acelerado, suor excessivo, boca seca, náuseas quando está ansioso?
  • Você sente que a ansiedade tem te paralisado e te impedido de viver bem e de forma saudável?

Se você se identifica com algumas dessas situações, busque ajuda profissional.

Por: Jefferson Leonel

Deixe seu comentário