• Blog UniCatólica

TJCE e UNICATÓLICA inauguram Juizado Especial Cível e Criminal de Quixadá
DESTAQUE DO MÊS

TJCE e UNICATÓLICA inauguram Juizado Especial Cível e Criminal de Quixadá

No dia 12 de julho de 2019, foi inaugurada a nova sede do Juizado Especial Cível e Criminal (JECC) da Comarca de Quixadá, pelo Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), na UNICATÓLICA.

O evento ocorreu durante a visita do presidente do TJCE, desembargador Washington Araújo, para reunião com magistrados e servidores da 3ª Zona Judiciária.

O Juizado, que passará a funcionar nas dependências do Centro Universitário Católica de Quixadá (UNICATÓLICA), no município de Quixadá, é responsável pela análise de demandas de menor complexidade: cíveis (40 salários mínimos), como relações de consumo, e delitos de menor potencial ofensivo, possuindo cerca de 130 m² de área construída. A instalação no estabelecimento de ensino superior foi resultado de parceria entre as instituições, assinada em janeiro deste ano.

O desembargador Washington Araújo destacou que a nova sede é um “ganho para todos, principalmente para o cidadão que precisa recorrer ao Judiciário para resolver problemas”. Além disso, ressaltou os benefícios de a estrutura funcionar dentro do estabelecimento de ensino, localizado no Centro daquela cidade. “Nós trazemos para o ambiente universitário uma unidade do Judiciário com o intuito, também, de preparar os estudantes de Direito para o universo da conciliação e da mediação.” Ainda, segundo o presidente do TJCE, esse tipo de parceria “ajuda a cumprir o papel da responsabilidade social. Os Juizados têm a filosofia de se aproximar da sociedade e precisam ser descentralizados. Funcionando dentro da faculdade, chega mais perto da comunidade e cumpre a sua missão”.

O coordenador do Sistema dos Juizados Especiais do Ceará, desembargador Gladyson Pontes, afirmou que o TJCE tem buscado dar maior dinamismo aos Juizados Especiais, que concentram demandas de interesse da população mais carente.

Para o titular do JECC, juiz José Hercy Ponte de Alencar, além da infraestrutura adequada e moderna, é importante o funcionamento na universidade. “É uma simbiose interessante, pois permite a interação das instituições. Ressalto que teremos o auxílio de dez estagiários para a condução dos trabalhos. Estou muito feliz com essa evolução do Judiciário aqui em Quixadá”, destacou.

Segundo o reitor da UNICATÓLICA, professor Me. Marcos James Chaves Bessa, a transferência é um grande avanço ao meio acadêmico. “É muito importante para os alunos poderem vivenciar na prática o que aprendem na sala de aula. Todos saem ganhando. Alunos e professores. Fico feliz com essa parceria.”

Por: Eliane Rodrigues

Deixe seu comentário