• Blog UniCatólica

Conheça a nova Regente do Coral Vozes do Sertão
CORAL VOZES DO SERTÃO

Conheça a nova Regente do Coral Vozes do Sertão

No dia 19 de abril, a UNICATÓLICA apresentou a nova Prof.ª Regente do Coral Vozes do Sertão, Lucile Cortez Horn. A Doutora em Artes pela UFMG com Mestrado em Música – Master of Arts in Music pela Campbellsville University (2010), Especialista em Música com habilitação em Musicoterapia pelo Conservatório Brasileiro de Música (RJ) (2003) e Bacharel em Instrumento Piano pela Universidade Estadual do Ceará (1987), tem experiência na área de Música com ênfase em Educação Musical, atuando, principalmente, nos seguintes temas: Canto Coral, Educação Musical, Arranjos Vocais para Coral e Grupo Vocal.

A nova regente iniciou sua carreira profissional ainda cursando a faculdade, como professora particular de piano e como professora de musicalização em uma escola particular. Em 1994, ingressou como professora de flauta doce e regente do Coral da Escola Técnica Federal do Ceará, após ser aprovada no concurso público desta Instituição, hoje Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE). Passou a integrar o corpo docente de professores de artes do projeto de Arte e Educação na época, a “Casa de Artes”, como, também, assumiu a liderança do Coral da ETFCE. Além de regente do coral do IFCE, atuou como professora do curso Técnico em Música desta Instituição, com as disciplinas de Teoria Musical e Leitura de Partitura, como, também, no curso de Teatro com as disciplinas de Canto para o ator.

“A música e o coral funcionam como um laboratório de aprendizado e de crescimento tanto meu como professora, arranjadora e regente como dos alunos que participarão do grupo. O caráter lúdico da música e o ato de cantar são apaixonantes para quem se envolve nessa arte, seja regente, educador musical, cantor ou, simplesmente, uma pessoa sem qualquer conhecimento teórico da música, ou experiência anterior”, ressaltou.

Suas expectativas visam atender as necessidades da Instituição, contribuindo da melhor maneira possível com todos que fazem parte, participando dos eventos e apresentando um repertório inovador. “Senti que a UNICATÓLICA seria um lugar onde eu pudesse contribuir para o desenvolvimento da música coral, preparando todos com um trabalho musical inovador tanto para os alunos como para os professores e funcionários da IES”, finalizou.

Por: Eliane Rodrigues

Deixe seu comentário